• Bem-vindo/a Convidado

    O ForUMM/For-UMM é um espaço público on-line de debate de temas ligados aos veículos da marca UMM, aberto a todos os interessados que nele queiram participar de acordo com as condições especificadas em Termos e Regras – ver no fim da página.

    Sem registo, não terá acesso à totalidade da informação que consta nesta plataforma!

    Após o registo deverá apresentar-se à comunidade, seguindo as regras apresentadas no momento de se apresentar. Após a aprovação da apresentação estará pronto para participar no ForUMM/For-UMM em toda a sua plenitude.

    Junte-se a nós! Esta comunidade recebe com gosto quem quer participar.

    A Administração, ForUMM.

Gasóleo Gforce

rUiMM

UMM
Registo
3 Jul 2007
Mensagens
222
Localização
Portugal
Boa tarde.
Perdi o amor a alguns €urónios, e atestei o Verdocas(Alter II 2.5 Atm) com gasóleo GForce.
Já gastei este depósito e agora, que tenho de atestar novamente, estou tentado a fazer o mesmo uma vez que as performances do motor melhoraram. Gostava de saber a vossa opinião sobre o assunto, nomeadamente sobre vantagens e desvantagens.
Obrigado, cUMMps

Rui A A Martins
Clube UMM - Sócio nº161
 

a.m.

UMM
Registo
29 Nov 2006
Mensagens
341
Localização
Portugal
boas
"eles" dizem que dá mais vida ao motor, menos desgaste,etc..
uma vez que as performances do motor aumentaram e atestar outra vez, agora que é um pouco caro lá isso é e os preços estão sempre a subir
eu pessoalmente uma vez atestei com o gforce e muito sinceramente não notei grandes diferenças, são gostos, agora a desvantagem é sem dúvida o alívio da carteira...
abracumms

a lama é nossa amiga!!!
 

filipeumm

UMMzão
Registo
29 Mar 2006
Mensagens
2.791
Localização
Portugal
No UMM nunca experimentei esses dieseis da moda,mas numa opel 1.7d que tive mesmo com o diesel mais caro(no caso BP ultimate) conseguia poupar 2.5eur em cada deposito,isto há uns 5 anos,mas em termos de potencia nao notava diferença.Na ford 1.8td ja experimentei tb mas diferença só mesmo no preço...a conclusão que cheguei é que o tipo de motor e carro tem muita influencia.Há uns tempos pus da repsol na ford e não sei se era desse mais caro mas notava-se qualquer coisa na potencia para melhor,mas tb notei que se gastou mais depressa:devilish:ou então andava muito apressado essa semana:D


Filipe Pinheiro
 

Chamaeleo

UMM
Registo
14 Ago 2007
Mensagens
186
Localização
-
Eu na minha ford 1.8 Td, só uso Gforçe, no trabalhar do motor oiço muito menos ruído. sinceramente acho que vale a pena. Com o outro gasóleo parece que aquilo funciona a carvão. Ou será psicológico ?
 

viriato

UMM
Registo
26 Jun 2006
Mensagens
1.174
Localização
-
Boas,

Pelo que julgo, os combustíveis de ultima geração são mais direcionados a motores também mas recentes ou de ultima geração. Não me parece que um gasóleo G qualquer coisa, vá ter grande influência num indenor com algumas dezenas de anos. Mas há sempre um mas.

Cumprimentos a todos

 

joaquim santana

UMMzão
Registo
4 Jan 2007
Mensagens
2.963
Localização
Portugal
boas eu no meu notava que fazia mais fumo.a nivel de performance não sentia assim diferença!
so o coloquei para dar umma limpeza a nivel de injectores.
 

matos neves

UMMzito
Registo
30 Mar 2006
Mensagens
97
Localização
Portugal
Aqui há dois ou três anos resolvi por gforce no meu Alter Turbo. Coincidência ou não, tive que lhe meter uma cabeça nova. Dá ideia que o tal de GForce, sacou-lhe o car vão todo e aí as mazelas apareceram todas. Provavelmente houve coincidência, mas a partir daí só mesmo do mais barato.
 
Registo
17 Nov 2007
Mensagens
267
Localização
Portugal
do mais barato ??
Do menos caro queres tu dizer !!
Eu no meu Citroen 1.5 D custumo meter repsol (normal) e coloquei uma ou outra vez dessa marcas maradas e notava-se bem a diferença (ao relantim, barulho vibração etc) mas andava o mesmo.
Já vi uma revista demotas comparar gasolina, de forma cientifica, ou seja mesmo motor, num banco de potencia, alguns minutos a trabalhar com uma gasolina depois trocar para outra, e por aí adiante.
No final entre cerca de uma dezena de gasolinas diferentes (dessas XPTO e de várias marcas ) a diferença entre o mais potente e o menos foi 0.3cv ou coisa parecida.
No caso do diesel não conheço estudo assim, mas a unica coisa que poderá melhorar ser a limpeza do sistema.

é a minha opinião

Um abraço

Nuno Abreu

Nuno Abreu


(...) Hoje
sei apenas gostar
duma nesga de terra
debruada de mar.
Miguel Torga
 

Samuel

UMM
Registo
28 Mar 2006
Mensagens
984
Localização
Portugal
Olá na minha opinião ja meti gasoleo aditivado e não notei nada. Para fazer limpeza do sistema de injecção uso geforce fula ou similar comprado em qualquer supermercado e fica muito mais barato. Cuidado com a percentagrem que se usa.

UMM abraço
Samuel Sousa

 

rUiMM

UMM
Registo
3 Jul 2007
Mensagens
222
Localização
Portugal
Boa noite.
Obrigado a todos pela participação no tópico.
Aproveitava para "pensar em voz alta" e fazer um ponto de situação bem como algumas reflexões:
- As opiniões são diversas e apontam em sentidos contrários o que é muito inconclusivo. È dificil portanto ter uma ideia correcta uma vez que todos justificaram a opinião.
- A leitura que faço abusivamente e peço desde já as minhas desculpas é de que alguns amigos têm preconceitos para com estes tipos de combustiveis.
- Lançava o desafio de experimentarem o dito gasóleo ou outro do género, com um sentido critico mais técnico, e menos preconceituoso.
- È certo que não devemos esperar milagres, mas será assim tão mau?
- A meu ver algumas opiniões merecem discussão, como por exemplo, excesso de fumo, não noto nada, só para ultima geração, é psicológico e é caro!
- Salvo melhor opinião, considero:
"Excesso de fumo" - Será que já não fazia antes?
Este tipo de combustivel possui aditivos que facilitam a eliminação de resíduos de combustão. Se o motor os tinha e o referido combustivel actuar como se espera, então é provável que sejam expelidos pelo escape.
Se eventualmente este combustivel melhorar as performances, quando pisar o aceledor como costumo, estarei a pisar "DEMAIS" e o gasoleo não queimado vai fazer fumo negro pelo escape.

"Não noto nada" - Se o motor estiver com boa compressão é natural, mas num motor mais cansado talvez se note qualquer coisa.

"Só para ultima geração" - Penso que não. Aliás alguns modelos novos desaconselham a sua utilização.

"É psicológico" - Perdão mas não tenho argumentos.(Se calhar é).

"È caro" - Depende do ponto de vista. No acto da compra não há duvidas. Mas se realmente aumentar a potencia é necessário fazer as contas ao custo por kilómetro. Mas é subjectivo porque se tem mais potencia eu quero acelerar mais para desfrutar e aí os consumos aumentam.
Enfim é bom chegar ao cimo da subida da Pimenteira(A5-Viaduto Duarte Pacheco, sentido Amoreiras -Cascais)a 90Km/h, mas muito provavelmente vou usar o mais gasóleo mais barato.
Bem hajaUMM,

Rui A A Martins
Clube UMM - Sócio nº161


 
Registo
17 Nov 2007
Mensagens
267
Localização
Portugal
Boas
Tambem eu gosto deste tópico
Aliás a unica razão que não há um estudo científico feito por uma revista, é porque não há em portugal revistas de mecânica automóvel.
Apenas se concentram em quantos litros de capacidade da bagageira tem este modelo em comparação com o outro, ou então limitam-se a reproduzir comparativos ou testes de revistas estrangeiras.
No caso dos diesels (os nossos) penso que a maior vantagem será da maior limpeza do sistema de injecção-combustão, dito isto será necessário alguns kilometros ( para se verificar diferença ) e os testes teriam de ser feitos medindo coisas como, vibração e ruído, e não apenas potencia num banco de potencia.
Sem este procedimento, não se poderá chegar a uma conclusão.
O ideal seria que o mesmo fosse feito com motores modernos e antigos, para poder perceber as verdadeiras diferenças

Um abraço

Nuno Abreu


Nuno Abreu


(...) Hoje
sei apenas gostar
duma nesga de terra
debruada de mar.
Miguel Torga
 
Registo
8 Jun 2006
Mensagens
1.269
Localização
Portugal
Ao tópico

Um mecânico amigo, há poucos dias (finais de Outubro), teve que lavar peças de um motor diesel de uma carrinha, como o que tinha à mão era uma lata com GForçe, vai disto que amanhâ já não há. Lavou a cabeça (do motor) diversas peças móveis e os pistons. Não sei porque razão, mas na tina deixou durante muito mais tempo, entre outras partes, um dos pistões. No outro dia? (ou passadas horas largas?) resolveu acabar o trabalho, quando repara que toda a goma/carbonisação envolvente dessa peça, estava solta ou a "pelar".

Todos sabemos que aí não se toca, especialmente se essas peças forem para reaproveitar, dizem os "antigos" que isso são as barbas da idade!

Será que esse efeito detergente desse tipo de combustivel actuará da mesma maneira num motor rolante? A ser verdade (que ele de facto assim actue em andamento) não irão os motores mais cansados começar a fazer mais fumo, ou ficarem mais ruidosos, por aumento de folgas?

De notar que por aquelas mãos já passaram largas dezenas de motores e muitos litros de liquidos de limpesa e ele jura-me a pés juntos que nunca tal lhe aconteçera. Mais o espantou devido à dureza dessa carbonização quando firmemente agarrada às paredes do pistão.

Amigo João, daquela mer*a nunca mais meto! antes gasoleo de peixe frito, dizia-me ele muito desconfiado. Será que ele tem razão???
Já alguem teve experiências iguais???

UMM abraço

João
 
Top Inferior