• Bem-vindo/a Convidado

    O ForUMM/For-UMM é um espaço público on-line de debate de temas ligados aos veículos da marca UMM, aberto a todos os interessados que nele queiram participar de acordo com as condições especificadas em Termos e Regras – ver no fim da página.

    Sem registo, não terá acesso à totalidade da informação que consta nesta plataforma!

    Após o registo deverá apresentar-se à comunidade, seguindo as regras apresentadas no momento de se apresentar. Após a aprovação da apresentação estará pronto para participar no ForUMM/For-UMM em toda a sua plenitude.

    Junte-se a nós! Esta comunidade recebe com gosto quem quer participar.

    A Administração, ForUMM.

AJUDA - Problema embraiagem

nunumm

UMM
Registo
30 Mar 2006
Mensagens
1.696
Localização
Portugal
Estou a notar um problema no meu Cournil que n sei o que é.

Quando está frio trabalha perfeitamente, mas quando aquece, começo a deixar de conseguir meter bem a 1a e 2a e a marcha atrás arranha sempre muito, já para n falar que a arrancar vai sempre aos solavancos.
Se desligar e deixar esfriar o carro volta tudo ao normal e trabalha bem.

O que poderá ser isto?
 

nunumm

UMM
Registo
30 Mar 2006
Mensagens
1.696
Localização
Portugal
e então? soluções... onde é a prensa? dentro da embraiagem? ou falas da peça que sai cá para fora e onde prende o cabo?
 

mjcm

Marcelo Marques - Cournil «a vaca»
Registo
7 Set 2007
Mensagens
1.777
Localização
Portugal - Figueira da Foz
Boas amigo Nuno :)
Eu não tenho conhecimentos de mecânica suficientes para te dar uma explicação técnica detalhada sobre o teu problema.
Apesar dos meus modestos conhecimentos de mecânica, partilho da opinião do Filipe. Penso que o teu problema está na embraiagem.
A prensa está no interior da caixa e tal como o seu nome indica, prensa o disco no prato quando largas o pedal da embraiagem.
Certamente virão vozes mais experientes e sábias em mecânica do que a minha e que te poderão ajudar.
Boa sorte na repação!
cUMMprimenTTos

Marcelo Marques
Sócio CLUBE UMM N.º 186
UMM Cournil 84
Aveiro/Viseu

 

alex

UMMzão
Registo
7 Dez 2006
Mensagens
2.944
Localização
Portugal
Não sei se terá alguma coisa a ver, mas o único componente do binómio caixa/embraiagem que varia com a temperatura é o óleo. Ou há mais? (não penso em nm de dilatação do metal...)

Como está o estado/nível do óleo da caixa?

Mas também não estou a ver isso ser causa para arranhar. O mais provável é ser embraiagem, mas não estou a ver nada que se altere com a variação de temperatura, sendo a embraiagem acionada por cabo...


cUMMprimenTTos

Alexandre Madeira
 
Registo
17 Nov 2007
Mensagens
267
Localização
Portugal
quase de certeza que é da embraigem
tent fazer o seguinte com o carro quente engatado em 1ª, e carregando na embraiagem, e destravado , poe a traabalhar , se o carro andar com o motor de arranque, é a embraiagem

Nuno Abreu


(...) Hoje
sei apenas gostar
duma nesga de terra
debruada de mar.
Miguel Torga
 
Registo
8 Jun 2006
Mensagens
1.238
Localização
Portugal
Toda a embraiagem aquece e bastante: volante, disco e prensa, quanto mais não seja pelo calor do motor (80º/90º) que é transmitido via cambota/volante motor, para não falar no calor gerado pela fricção do disco no volante e na prensa (tanto, que chega a queimar:dizzy_face: o disco e a azular a prensa:disappointed_relieved:!).

Amigo Nuno

Experimente o seguinte:p: meta a 3ª ou a 4ª e largue devagar o pedal da emb. Se houver problemas na emb. (patinar, queimada molas partidas, etc.) ele provávelmente não vai parar com um esticão e vai-se abaixo com alguma suavidade.
(este simples teste não oferece garantias, nem tem certificado da CEE:))

Outro teste que pode fazer é:p:p: em andamento, puxa uma 2ª, metendo logo a seguir uma 4ª. Veja se a emb. "patina" (se a aceleração, relativamente alta do motor, não corresponde à aceleração do carro). Se assim for é melhor ir pensando em mudar a emb.:astonished:

UMM abraço
João

"Conduza UMM pedaço da nossa história"
 

stretx

UMM
Registo
31 Mar 2006
Mensagens
1.076
Localização
Portugal
isso com uma embreagem nova fica IMPECAVEL:D:D:D
agora a serio. quase de certeza que e da embreagem
deve estar com as molas partidas(solavancos) e o que a prensa aciona(outro genero de molas, que fazem força sobre o disco de embreagem) ja nao deve estar muito famoso:dizzy_face:

Paulo Alves
 

nunumm

UMM
Registo
30 Mar 2006
Mensagens
1.696
Localização
Portugal
Obrigado pelos comentários...

Nuno Abreu... já fiz esse teste e com o pedal carregado, o carro n anda.

João... vou testar.

Paulo Alves... Penso n ser a embraiagem pois a frio trabalha perfeitamente. É estranho...
 

show_time

UMMzão
Registo
9 Dez 2008
Mensagens
5.198
Localização
Portugal
Boas!


nunumm ou outro mebro do forumm, poderiam-me dizer como solucionar este problema?

Ja tenho os cabos da embraiagem afinados ao maximo, ta sempre a passar-se isto.

cUMMps
 
Registo
8 Jun 2006
Mensagens
1.238
Localização
Portugal
Amigo show_time

P-"nunumm ou outro mebro do forumm, poderiam-me dizer como solucionar este problema?"

R- Mas qual é, na realidade, o problema? A embraiagem "patina"?

Como tudo na vida, até as embraiagens têm um fim:dizzy_face:, e não adianta mais afinações porque em nada melhora, antes pelo contrário(n).

O funcionamento de uma embraiagem, apesar de muito simples:p, é complexo:devilish::angry: de entender e muito mais difícil:devilish::devilish::devilish: de perceber a sua afinação e o que é que ela vai fazer em todo o mecanismo.

Mas vamos lá ao básico(y)

Imagine-se o quadro seguinte, levado à mais básica mecânica:

1 Quando se carrega no pedal da emb. há uma alavanca (forquilha) que empurra um rolamento (rolamento de encosto) de encontro a uma mola/alavanca (mola que faz parte da tal prensa e é indesmontável).

Nesta fase temos que ter em atenção diversas coisas, por exemplo: Esse rolamento, com o carro em andamento ou parado sem nenhuma mudança engrenada, portanto sem tocar no malvado pedal, não pode estar em contacto com essa mola. Se o estivesse entraria , desnecessariamente em rotação, para além de outros males, como veremos mais adiante.

2 Ao empurrar a mola, faz com que a prensa liberte o disco (que estava preso entre a prensa e o volante motor. Como a caixa está ligada ao disco, esta deverá então "parar" permitindo a mudança de velocidades.

3 Em todo este processo (por ex. repetido milhares de vezes em 5.000kms em cidade)o disco vai-se gastando, ou seja vai diminuindo de espessura. Ao diminuir de espessura (aqui é que é complicado de entender:astonished:) a tal mola da prensa levanta-se, ou seja, vai se aproximar do rolamento no seu estado de repouso (sem o pé no pedal)

4 A tal folga (entre o rolamento e a mola) referida em "1" deixa de existir e ao deixar de existir o disco também deixa de estar "entalado" com a força necessária entre a prensa e o volante motor:dizzy_face:. Aí a embraiagem começa a "PATINAR", quase não patinando em 1ª ou M.A. e patinando cada vez mais quanto mais formos subindo nas mudanças(+2ª, ++3ª, +++4ª etc.). De forma muito simples, esta escalada tem a haver com as relações naturais entre motor/caixas/peso.

Como se disse acima (em "1"), ao deixar de haver essa folga obrigatória, o rolamento passa a estar constantemente em rotação e terá a vida muito encurtada...

5 Então, nós ou o mecânico, afinamos a embraiagem. Ou seja afastamos de novo o rolamento da mola, deixando outra vez uns mm de folga, devendo tudo ficar "nos trinques". O processo recomeça, o desgaste vai continuar, a mola vai começar a se aproximar do rolamento, vai patinar, vai-se afinar etc. etc. etc. e assim continuamente. ATÉ UM DIA:astonished:.

6 Quando esse dia chegar(n), o disco já estará tão fininho (como eu e o Paulo Alves) que, mesmo com a folga correcta (entre a mola e rolamento), ela (mola) já não tem força para prender o disco. A ida ao Dr. ou a hora de sujar as mãos é chegada e NÃO HÁ NADA A FAZER !

Nessa altura o disco já estará tão gasto que os rebites que prendem os 2 "ferrodos" do disco ( e que estão numa posição rebaixada quando o disco é novo:p) ficaram à superfície do disco e já andam a abrir "trincheiras" no volante motor ou na prensa (ou nos dois;)).

7 Nas emb. hidráulicas o processo é o mesmo, entenda-se que nelas, o cabo que nas outras ligava o pedal à forquilha, é substituído por um fluido metido num tubo. Então quando se pressiona o pedal actua-se numa bomba, essa força/movimento, é transmitida por um tubo/líquido até outra bomba, sendo essa a que vai actuar na forquilha. Aqui para nós, este sistema é uma cagada:blush:, tendo apenas a vantagem de tornar o pedal da emb. menos “pesado” (opinião pessoal + informo que não vendo cabos, nem tenho fábrica dos mesmos(y))

Desculpem o testamento, mas como eu, nem todos somos Dr. e alguns de nós se não entenderem o sistema andam a mexer a esticar e relaxar a desatinar e não chagam/chegamos a lado nenhum. Agradecemos toda e qualquer correcção:devilish: ou aditamento:p




UMM abraço
João

"Conduza UMM pedaço da nossa história"
 
Top Inferior