• Bem-vindo/a Convidado

    O ForUMM/For-UMM é um espaço público on-line de debate de temas ligados aos veículos da marca UMM, aberto a todos os interessados que nele queiram participar de acordo com as condições especificadas em Termos e Regras – ver no fim da página.

    Sem registo, não terá acesso à totalidade da informação que consta nesta plataforma!

    Após o registo deverá apresentar-se à comunidade, seguindo as regras apresentadas no momento de se apresentar. Após a aprovação da apresentação estará pronto para participar no ForUMM/For-UMM em toda a sua plenitude.

    Junte-se a nós! Esta comunidade recebe com gosto quem quer participar.

    A Administração, ForUMM.

Restauro Umm Cournil FD Alentejano

MSantana

Iniciado
Registo
9 Mar 2020
Mensagens
4
Boas ....
Como o nome do próprio tópico indica, este tópico vai servir para mostrar aqui o desenrolar de todo um processo de restauro de um Cournil de 1983, servirá também obviamente para partilha de experiências e de ideias e como tal estarei aberto a toda e qualquer ideia que possa contribuir para o enriquecimento do restauro em si.

Posta a ideia principal deste tópico começo por explicar a minha relação com a marca UMM
-Desde cedo que nutro algum sentimento especial pelos 4x4 em relação a outro tipo de viaturas, talvez se deva também à zona onde habito e da abundância dos 4x4 por estas zonas sejam jipes ou pick ups, e logo percebi que um dia assim que me fosse possível teria de adquirir uma viatura do tipo
Entretanto não sei bem explicar porquê surgiu a UMM, uma marca Portuguesa, de todos nós e certo dia percebi que teria de ter um jipe mas não podia ser um jipe qualquer, teria de ser um UMM.

Entretanto após tirar a carta e comprar um carro comercial e económico que servisse o dia a dia, começou a busca por um UMM
Conhecia alguns na região e comecei a contactar com os proprietários, todos eles estavam imobilizados e todos eles com "problemas"
-Uns em estado viavél porém sem documentos devido às mais variadas razões
-Outros que simplesmente não queriam vender e preferiram que apodrecessem ou então envia-los para a sucata
-Outros apenas viavéis para dadores e sem condições para restauro viável e que não fosse dispendiosamente absurdo

E eis então que encontrei o Cournil

Cujo a história conheço até certa parte:
Comprei o Cournil a um associação de caçadores sediada em Vila Viçosa, cujo não tinha os documentos em sua posse, eles tinham comprado o jipe para uso dentro da reserva e por isso "fora de estrada" e acabaram por ir adiando a regularização dos documentos até que ficou esquecida, porém possuíam boa relação com o anterior proprietário com o qual foram acordando sobre os pagamentos do IUC e isso sempre esteve em dia.
Aquando da compra por mim, imediatamente entraram em contacto com o anterior proprietário para que se efetuasse a regularização dos documentos já para meu nome, e o mesmo sempre se mostrou disponível e aberto para regularizar toda a situação, ao qual ainda devo o almoço que está prometido e apenas não cumprindo pelas circunstâncias atuais de Covid não o terem vindo a permitir.
Foi necessário ainda pedir uma segunda via devido a não se saber do paradeiro do DUA, do qual o mesmo não aceitou que fosse eu a pagar a segunda via e apenas paguei a mudança de nome e ele assumiu a segunda via do DUA.
Em conversa com esse mesmo proprietário, foi-me dito pelo mesmo que tinha comprado o jipe a uma empresa de mármores da região (MARMETAL) e que esse era o jipe usado pelos eletricistas para se deslocarem ao fundo da pedreira aquando era necessário reparações elétricas.
Comprou o jipe pois andava no momento a fazer uma obra em casa e o mesmo foi usado para transportar entulho e materiais de construção, e que lhe fez 2 buracos na traseira ( que já confirmei e estão lá), dado que lavava o seu interior à mangueira e eram esses buracos usados para que a água escoasse
Confidenciou-me que possuiu também mais tarde um Alter comprado á mesma empresa que teve a capota em chapa arrasada por um cabo de aço que se partiu na pedreira, mas fora a capota todo o jipe estava em bom estado, aquando lhe perguntei do paradeiro desse jipe, disse-me infelizmente que após alguns dissabores e avarias acabou por vender para a sucata :confused:

1623243411594.jpg



Aqui o dia que fui carregar o jipe, algures dentro do mato pertencente à reserva de caça á qual o comprei, onde esteve alguns anos debaixo de uma árvore votado ao abandono, porém dias melhores chegaram.

Após informar-me junto de um centro de inspeções a sua última inspeção data de 2004, porém tudo está regular e basta apenas quando concluído apresenta-lo num centro de inspeções para efetuar a mesma.

1623243411589.jpg



-Aqui já a porta da futura casa mãe.

(Nem imaginam a ginástica que foi trazer por caminhos apertados do mato até ao alcatrão cerca de tonelada de meia rebocada por uma pick up 2WD, porém a Raça TOYOTA também não verga e nem vira costas a bons desafios, mas depois de chegada ao alcatrão foi peanuts os cerca de 20kms até casa)

Sabendo já que o UMM estava avariado mas sem saber o motivo ou qual a avaria, ainda tentei rodar o motor de forma manual mas não foi possível.
Entretanto removi o motor fora, abri e cheguei conclusão que estava gripado
Um dos vedantes das camisas começou a deixar passar água para o Cárter o que fez com que o nível no cárter aumentasse com uma mistura de Água/oleo, e o que não ajudou foi o facto do jipe pertencer a uma reserva de caça (manutenções para esquecer, Vários condutores muitos deles descuidados, um sem fim de ações que desprezavam a manutenção e não ajudaram à rápida deteção da avaria), foi tarde quando deram conta.
O motor começou a ser lubrificado por uma mistura água/óleo o que não ajudou,e os cilindros 1 e 4 acabaram por gripar e agarrar na cambota.
Levando agora que seja necessário retificar a antiga (caso seja possível e possua cota possível para retificação) ou seguir em busca de uma nova cambota (Rara nestes tempos por ser o motor XDP 4.90).

Ainda não decidi o que fazer quanto á situação da avaria no motor porém o resto do restauro irá prosseguir em diante e para complementar este velho Cournil já adquiri umas jantes Manguels, um kit de direção assistida completo e um suporte de roda suplente, assim como a travagem de disco, todos os elementos provenientes de um irmão mais novo Alter 2.

Já possuo o Cournil desde Setembro de 2020 mas devido a situações da vida que me roubaram algum tempo e felizmente não por questões monetárias, o restauro ainda não evoluiu muito mas conto arrancar mais em força este verão que agora se aproxima.

Não era o que idealizava, sempre preferi que o UMM que adquirisse um dia fosse um Alter mas apareceu o Cournil e será tratado com o mesmo carinho como se de um irmão seu mais novo se tratasse.


UMM Cournil 2.1D
Novembro de 1983
Motor XDP 4.90 (Gripado)

Ficam mais algumas fotos do Cournil
E espero ter novidades em breve
Mais digo que estou aberto a ideias, opiniões quanto a alterações para outro motor ou o que quer que seja que possa contribuir para o sucesso e melhor deste restauro.

Cumprimentos do Alandroal para o mundo UMM 👊💪

1623243353646.jpg

1623243309407.jpg

1623243353637.jpg

 

Anexos

Última edição:

Cournil Lisboa

UMMzão
Registo
29 Jun 2018
Mensagens
2.866
Localização
Portugal
Olá Mauro,
História conhecida, é uma mais valia emocional. Obrigado pela partilha.(y)

Fiquei muito intrigado com esse motor...... Em 85, já não era suposto andar com motor 2.1 !!! Não deve ser original..... :rolleyes:

Faço votos que fique bom e bonito;).
 

RC UMM

UMMzito
Registo
4 Nov 2010
Mensagens
101
Localização
Estremoz
Boa noite!! Bem-vindo ao Fórum UMM. É bom ver um UMM que estava parado a dar passos para voltar a andar e principalmente no Alentejo. Sou de uma terra perto( Estremoz). Força com o restauro!!
 

Aldeia

Administrator
Staff
Registo
31 Jul 2006
Mensagens
6.012
Localização
Portugal
Força nesse restauro. Talvez a melhor opção seja arranjar um loco 2.3 ou 2.5 em bom estado, senão os custos derrapam consideravelmente.
 

MSantana

Iniciado
Registo
9 Mar 2020
Mensagens
4
Presumo que tenha razão caro Paulo

Não sei porque raio meti na cabeça que o Cournil era de Novembro de 1985, pois após ter ficado intrigado com a situação do motor, fui confirmar e o Cournil data de facto de Novembro mas de 1983 e não 1985 como referi.

Confirma-se então após conferir o respetivo DUC:

UMM Entrepreneur 4x4 D (A11 AOL)
21-11-1983
Cilindrada 2112 e uns fantabulásticos 45.6KW= Aprox.62CV

LIV1.jpg


LIV2.jpg



Reparem no pormenor da cor do bicho 😂

Pelo que pude apurar já foi repintado pelo menos uma vez em tons de creme (Cor que ainda que desgastada apresenta hoje em dia)
Mas observando de perto locais onde a atual pintura já largou caspas a cor original parece-me ser um espécie de dourado e após alguma pesquisa parece-me ser idêntico a este que mostro embaixo:
Umm_cournil_83.jpg



Penso que seria de facto essa a sua cor original, tendo sido considerada o tal VERDE AMARELO.

Ainda não decidi bem mas está em cima da mesa, voltar á sua cor original Dourado, contudo não gosto de o ver assim
Seja qual for a cor que pinte as laterais também serão pintadas e se manter o tejadilho de cor diferente será apenas e só o tejadilho, as laterais da capota ficarão de cor igual ao jipe.

Ruben se algum dia calhares a vir para os lados mais propriamente de Juromenha diz-me que terei todo o gosto em pagar uma mini 😎

Quanto ao motor, de momento não sei o que fazer ainda
verdade seja dita que também ainda não iniciei busca por nenhum bloco 2.1, 2.3 ou 2.5 talvez saia menos dispendioso sim
No entanto queria manter o UMM em grande parte na sua originalidade pelos menos de forma mais mecânica e estética exterior
claramente no interior levará devidas melhorias que entenda que fiquem porreiras e necessárias, e obviamente um bom sistema de áudio que faça esquecer os barulhos oriundos do cofre do motor e tantos outros lados do UMM 😂

Também possuo à disposição de momento alguns motores que poderia tentar uma adaptação no UMM
Entre eles o 1.9TD do Suzuki Vitara que me parece não ser muito viável para o UMM mas certamente mais interessante que o velhinho XDP90
Mas entre todas as hipóteses tenho um Interessante Nissan BD30 Cabstar que me está a deixar com umas ideias malucas
No entanto e como já referi preferia um UMM que prime pela originalidade ainda que seja tecnologia de 1983 😅
E um UMM que sobretudo não me traga problemas a nível de legalidade (inspeções e Policia principalmente)

Veremos o que se decidirá em breve.

Abraço
 
Registo
5 Dez 2010
Mensagens
9.937
Localização
Júpiter
Presumo que tenha razão caro Paulo

Não sei porque raio meti na cabeça que o Cournil era de Novembro de 1985, pois após ter ficado intrigado com a situação do motor, fui confirmar e o Cournil data de facto de Novembro mas de 1983 e não 1985 como referi.

Confirma-se então após conferir o respetivo DUC:

UMM Entrepreneur 4x4 D (A11 AOL)
21-11-1983
Cilindrada 2112 e uns fantabulásticos 45.6KW= Aprox.62CV




Reparem no pormenor da cor do bicho 😂

Pelo que pude apurar já foi repintado pelo menos uma vez em tons de creme (Cor que ainda que desgastada apresenta hoje em dia)
Mas observando de perto locais onde a atual pintura já largou caspas a cor original parece-me ser um espécie de dourado e após alguma pesquisa parece-me ser idêntico a este que mostro embaixo:


Penso que seria de facto essa a sua cor original, tendo sido considerada o tal VERDE AMARELO.

Ainda não decidi bem mas está em cima da mesa, voltar á sua cor original Dourado, contudo não gosto de o ver assim
Seja qual for a cor que pinte as laterais também serão pintadas e se manter o tejadilho de cor diferente será apenas e só o tejadilho, as laterais da capota ficarão de cor igual ao jipe.

Ruben se algum dia calhares a vir para os lados mais propriamente de Juromenha diz-me que terei todo o gosto em pagar uma mini 😎

Quanto ao motor, de momento não sei o que fazer ainda
verdade seja dita que também ainda não iniciei busca por nenhum bloco 2.1, 2.3 ou 2.5 talvez saia menos dispendioso sim
No entanto queria manter o UMM em grande parte na sua originalidade pelos menos de forma mais mecânica e estética exterior
claramente no interior levará devidas melhorias que entenda que fiquem porreiras e necessárias, e obviamente um bom sistema de áudio que faça esquecer os barulhos oriundos do cofre do motor e tantos outros lados do UMM 😂

Também possuo à disposição de momento alguns motores que poderia tentar uma adaptação no UMM
Entre eles o 1.9TD do Suzuki Vitara que me parece não ser muito viável para o UMM mas certamente mais interessante que o velhinho XDP90
Mas entre todas as hipóteses tenho um Interessante Nissan BD30 Cabstar que me está a deixar com umas ideias malucas
No entanto e como já referi preferia um UMM que prime pela originalidade ainda que seja tecnologia de 1983 😅
E um UMM que sobretudo não me traga problemas a nível de legalidade (inspeções e Policia principalmente)

Veremos o que se decidirá em breve.

Abraço
Ora o último parágrafo diz tudo, e é o mais importante...!!!
Vai continuando a colocar aqui as tuas reportagens acerca do restauro do carro e não só...!!! :cool: :alien:
 

Aldeia

Administrator
Staff
Registo
31 Jul 2006
Mensagens
6.012
Localização
Portugal
Se não queres ter chatices, investe num 2.5 atmosférico, com uma bomba Bosch à maneira e ficas bem servido.
 

Passarinho

UMMzão
Registo
3 Fev 2007
Mensagens
3.091
Localização
Portugal
Parabéns pela compra, Santana!

O teu carro deve ter uma história caricata!

nesse ano e nesse mês o teu carro já devia estar equipado com um motor XD2, mas está com um motor xdp90 e saiu de facto com ele, com caixa de velocidades ZF. Está mencionado no livrete! deve ter sido matriculado bastante tempo depois de ter sido produzido.
 
Top Inferior