• Bem-vindo/a Convidado

    O ForUMM/For-UMM é um espaço público on-line de debate de temas ligados aos veículos da marca UMM, aberto a todos os interessados que nele queiram participar de acordo com as condições especificadas em Termos e Regras – ver no fim da página.

    Sem registo, não terá acesso à totalidade da informação que consta nesta plataforma!

    Após o registo deverá apresentar-se à comunidade, seguindo as regras apresentadas no momento de se apresentar. Após a aprovação da apresentação estará pronto para participar no ForUMM/For-UMM em toda a sua plenitude.

    Junte-se a nós! Esta comunidade recebe com gosto quem quer participar.

    A Administração, ForUMM.

Pintura

whitexoc

UMM
Registo
10 Dez 2006
Mensagens
1.138
Localização
Portugal
Boas tardes a todos os ummistas,venho por este meio pedir algumas dicas de como se pinta uma viatura neste caso o meu UMM,visto nunca ter feito este tipo de trabalho,gostava de ser eu a pintar o meu Alter e restaurar o que for possivel.
Dicas são sempre bem aceites.

Aguardo pela vossa ajuda(tinta,material etc...)

cUMMprimentos
 

Chamaeleo

UMM
Registo
14 Ago 2007
Mensagens
186
Localização
-
Boa noite,
Eu também não tenho expriencia em pinturas e estou neste momento a recuperar um cournil de 83.
Depois de muitas perguntas, em diversos locais e com varias pessoas estou a decapar o interior todo até a chapa brilhar, depois vou aplicar um removedor de ferrugem (não é conversor), depois aplico um primário de 2 componentes(Sigmacover 280) e finalmente pinto com a sigmadur 550 ( 2 componentes).
Vou usar estas tintas porque consegui um preço quase equivalente ao grátis.

Quanto ao conversor de ferrugem já ouvi dizer que é mau, uma vez que nos locais que não existe ferrugem não vai existir reacção e a tinta pode não agarrar.
Quanto a aplicar tinta por cima de ferrugem (tipo hammerite), não me agrada a ideia.

Não faço a menor ideia se esta opção é a correcta mas é a que vou seguir.

Pior de tudo é decapar ate a chapa, estou a usar lixas no berbequim, mas existem locais de difícil acesso que uso outros utensílios, neste momento já decapei cerca de 60% do interior.
Para pintar como não tenho compressor vai a rolo........ ja pensei comprar um compressor no Hipermercado, existem uns a 70 euros.

Boa sorte
 

gass

UMMzito
Registo
7 Ago 2007
Mensagens
135
Localização
-
pintar ... recomendo VIVAMENTE compressor. A camada de tinta fica uniforme. gasta-se menos tinta e fica tudo bem.

Quando à lixa, não é melhor comprar uma lixadora?
E que lixadora recomendam? rolos?
Ah ... para tirar a tinha antiga, não utilizam um género de esfregão de arame na rebarbadora?
 

Chamaeleo

UMM
Registo
14 Ago 2007
Mensagens
186
Localização
-
mas para pintar com compressor também é preciso saber pintar, não é tão fácil como parece.

eu ainda comecei a usar a rectificadora com esse esfregão e mais tarde o berbequim mas parecia mais que estava a polir a pinta que a remover, com estas lixas no berbequim aquilo sai que é maravilha e não come o material (chapa), a escova de aço na rectificadora dá mais jeito para limpar onde existem poros.

Penso que a lixadora ia dar ao mesmo que o berbequim, embora use o berbequim em locais que a lixadora não chegava, mas como não tenho nenhuma, uso o berbequim são uns euros que poupo.
 

filipeumm

UMMzão
Registo
29 Mar 2006
Mensagens
2.791
Localização
Portugal
Uma pintura tem muito que se lhe diga e se for de um carro então...
Acho que é das coisas nos dias de hoje que sai mais barato mandar fazer do que "fazer em casa",é claro depende sempre do resultado que queremos no final.
Remover a tinta até á chapa só se for mesmo preciso,normalmente os produtos anticorrosão e tratamentos dados aquando da construção de um automovel são muito superiores á maioria dos produtos vendidos hoje no mercado,porque o que se costuma comprar no mercado de repintura normalmente é mesmo para repintura automovel,e ainda se estiver aliado ao facto de poupar uns trocos ainda pior...Remover sim até ver a chapa a brilhar onde estiver contaminado,ou então mandar limpar a jacto de areia e metalizar,isso para mim é que é serviço...mas por muito amor que tenhamos ao UMM não podemos esquecer que este não passa de um carro sujeito a acidente,capotadela,riscos etc....


Filipe Pinheiro
 

gass

UMMzito
Registo
7 Ago 2007
Mensagens
135
Localização
-
Entao mas ...

Uma boa pintura não resiste a silvas, estevas, ramos e troncos de árvore?
Não funciona como repelente de pedras e afins?
É que mais vale prevenir ...

agora a sério, já vi aqui (nos restauros) várias pinturas ... desde aquelas feitas em casa, até as feitas por quem sabe ... agora uma questão: Desmonta-se o bicho todo e pinta-se só chassis+carroçaria, ou deixa-se semi montado e dá-se tinta por cima de parafusos, não se dá tinta nos apoios do motor, etc ...
É que já vi aqui pinturas meias manhosas, em que sim senhor foi bem pintado, mas metade das peças estavam montadas. A questao das peças montadas pode ser bom, ajuda ao isolamento. Mas isso é bom em máquinas que vão durar muito tempo sem serem desmontadas.
 

filipeumm

UMMzão
Registo
29 Mar 2006
Mensagens
2.791
Localização
Portugal
Por isso mesmo,se queremos uma boa pintura que resista aos maus tratos das silvas,pedras,lama convem que seja feita por quem sabe,mas mesmo as melhores pinturas deixam-se riscar...
Em relação em desmontar todo o carro claro que temos acesso a todas(ou quase) as zonas e podemos fazer uma melhor inspecção e reparar se necessário.Mas se estamos com trabalho a descascar a tinta até á chapa e nem tiramos motor e diferenciais...acho que é trabalho em vão,mas cada um sabe de si.
Para mim se desmontar-mos o carro todo para cuidar da chapa e estamos numa de poupar euros,sinceramente não estou a ver a logica.Partindo do principio que o vamos descascar todo para cuidar da chapa e deixá-lo novo temos que ter a mesma ideia para o resto do carro,ou seja,motor,diferenciais,electricidade,interiores etc... e uma coisa destas ou se faz sem olhar para os euros ou mais vale dar uma "lavadela de cara" e há "lavadelas" melhores que certos restauros até ao osso...


Filipe Pinheiro
 

Aldeia

Administrator
Staff
Registo
31 Jul 2006
Mensagens
6.108
Localização
Portugal
Bem no meu caso posso dizer umas coisas da experiência recente que tive:anger:. Acho sempre muito aconselhável desmontar os componentes porque por debaixo de uma dobradiça ou parafuso insuspeito pode estar um foco de ferrugem em desenvolvimento:disappointed_relieved::dizzy_face:. No meu caso parecia que não tinha nada mas afinal até tinha bastante:devilish:. Acabei só como motor e as caixas desmontados:):p:D.

Relativamente ao método, eu cometi alguns erros, entretanto "diminuidos". O conselho que te dou é que não começes a lixar com uma lixa com grão superior a 80 (o meu principal erro foi começar com uma 40:astonished:). Tens de lixar tudo mas não forçosamente até â chapa. Só vais á chapa se existir ferrugem. Investiga todos os orificios da chapa, é um local onde aparecem ferrugens pois é um sitio mais fragilizado. À medida que vais avançando, vai protegendo com primário. Também se fala muito no conversor de ferrugem. Eu usei mas já ouvi falar mal deste tipo de produtos, e inclusivé casos de problemas na aplicação do primário por cima deste:astonished::astonished:. Eu nas cavas de rodas escovei a ferrugem, apliquei o conversor e posteiormente um esmalte tipo "hamerite". Como não tinha grandes problemas e tenho planeado um restauro mais a sério dentro de uns 5 anos não me chateei mais:). Fiz o mesmo no sítio da bateria e na zona das bombas de travões e embraiagem. Foi mesmo "à trincha", porque fica tapado e o objectivo é proteger.
Continuando com a chapa, após a primeira passagem de lixa deves passar outra com um grão mais fino, sem :astonished:NUNCA:astonished: exceder os 100 grãos de diferença (outro erro meu:disappointed_relieved:), ou seja se começas com 80 a proxima não deve ser superior a 180. Mas aconselho a que uses uns um pouco superior tipo 140 e por ai fora, até teres a superficie lisa e suave ao toque. Poderás (de certeza) ter de aplicar massa de dois componentes para corrigir as deformações. Podes aplicar á vontade encima do primário e a lixagem é a mesma que já referi. Quanto tiveres tudo pronto passas uma generosa camada de primário final, que quando secar deves lixar com lixa de água de granulometria 600, até ficar todo ele lisinho. Aviso-te que dá uma trabalheira do caraças, quando acabares nem vais poder ver lixas de novo á tua frente:D:devilish::dizzy_face::).

A questão da pintura é mais delicada. Eu comprei a minha tinta a um chapeiro amigo. Custou 50€:astonished: o litro e até me emprestou um pistola para aplicar. Pese a isto, ficou uma porcaria devido aos problemas que tive na escolha de lixas ao qual devo acrescentar que cai tudo encima da tinta enquanto está fresca:dizzy_face::angry:. Tinha areias:devilish:, mosquitos:devilish:, dois pelos:devilish:, corrimentos:devilish::dizzy_face:, enfim. O meu conselho é que pelo menos a pintura seja feita por um profissional e em estufa, a não ser que não te importes de ter um pintura "rústica" como a minha:D.

Mas quanto á qualidade da tinta, não tenho dúvidas. sobrevive a uns risquinhos na boa.:)

UMM abraçUMM

j.aldeia
 

APires

UMM
Registo
16 Abr 2006
Mensagens
543
Localização
Portugal
Boas, a acrescentar ao que disse o Aldeia ajuda desmontar as portas e o para-brisas pois são sítios onde se esconde a ferrugem, depois é lixar tudo, até à chapa apenas onde houver "doença" e nesses sítios aplicar um bom primário de seguida, lixar outra vez aplicar um primário de enchimento para tapar aqueles pequenos poros lixar novamente e tinta para cima. Em relação ao pintar ao ar livre pela experiência que tive recomendo um sitio com pouco vento e um dia de sol e deixar o carro ao sol para a chapa aquecer um pouco ajuda a secar mais rápido no meu UMM a pintura não ficou perfeita mas escapa bem havendo alguns sítios, poucos, onde se nota a falta de experiência. Temos de ter em conta que para pintar um UMM completo são necessários uns 600 ou 700 euros, agora é assim, se for um UMM para andar na estrada e coleccionar tudo bem vale o investimento, se for para o monte é muito dinheiro para estragar.


AbraçUMM, André Pires

 
Top Inferior